Pré-Carregamento

Carregando

imagem

Dicas para preparar um pitch de elevador

As entrevistas são ocasiões perfeitas para o discurso do elevador funcionar. Isso é significativo, especialmente quando o candidato enfrenta a famosa questão de “explique-se”. Nesses casos, os argumentos de venda ajudam o candidato a ganhar confiança ao apresentá-lo aos representantes da empresa.
Para não perder a oportunidade decisiva, aqui estão algumas dicas sobre como preparar um argumento de venda ideal.

Dicas a seguir ao preparar o argumento de venda ideal

Anotando pontos em uma tira de papel:

O candidato é aconselhado a escrever os planos em uma folha de papel para descobrir os assuntos relevantes a serem incluídos e os que serão excluídos. A edição deve ser feita com cuidado. Dados desnecessários devem ser removidos e o foco deve ser a apresentação profissional e eficaz para quem tem pouco tempo.

Uma solução para todas as perguntas:

O pitch preparado pelo candidato deve apenas mencionar quem ele é, o que faz e o que procura. Todas essas perguntas devem ser respondidas por um bom argumento de venda.

Um tom profissional é ideal:

Para apresentar o melhor de si do candidato ao recrutador da frente, as conquistas e metas compreendidas no argumento de venda pelo candidato devem falar sobre si mesmas. Gabar-se pode ser negativo no que diz respeito ao efeito sobre o ouvinte. Mas a hesitação ou conversa demorada para chegar ao ponto também deve ser evitada, pois esses movimentos podem estragar o propósito do argumento de venda.
Deve ser amigável ao ouvinte: a pessoa que deveria estar ouvindo o discurso de elevador de um candidato estaria geralmente pensando no que o argumento de venda significava para ele. Portanto, o candidato que prepara o pitch deve garantir que o pitch soe como um grande trunfo para a organização do ouvinte.

Para citar São Basílio

Em primeiro lugar, o monge não deve possuir nada neste mundo, mas ele deve ter como suas posses a solidão do corpo, a modéstia de porte, um tom de voz modulado e uma maneira bem ordenada de falar. Ele deve estar sem ansiedade quanto à sua comida e bebida, e deve comer em silêncio

Falando muito rápido:

Definitivamente existe o dilema de apresentar todas as suas conquistas, em frases curtas para o candidato. Ainda assim, o candidato é aconselhado a não amontoar informações que valham um ou dois minutos em um intervalo de trinta segundos. Aqui, falar coerentemente em frases completas é uma coisa sábia.
Ser robótico: o candidato precisa entender que franzir a testa e usar um tom monótono dificilmente faz parte do profissional. Um sorriso e ser sincero são sempre acréscimos bem-vindos.

deixe seu comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviando